Fratura no Calcāneo - figura 1

     Mecanismo de Trauma da Fratura do Calcâneo: A. No momento da queda, o calcâneo é empurrado de encontro ao talo ao mesmo tempo em que sofre forte inclinação para fora. Neste momento, o processo lateral do talo se choca contra o calcâneo funcionando como eixo para o início da fratura. B. A letra "a" assinala o ponto de maior pressão onde houve o choque do processo lateral do talo e onde se inicia a "linha primária" - b - da fratura; C. Traços secundários de fratura: "c" separa as facetas ântero-medial e a média e "d" atinge a articulação calcâneo-cubóide; D. A parede lateral é praticamente destacada do calcâneo através do traço "e" que completa a figura de "estrela" que geralmente é observada nas fraturas do calcâneo.

Prof. Dr. Caio Nery